Visita ao G-MÃO - Grupo de Mãos em Ação em Gravataí/RS

11.7.14

Durante nossa viagem para Porto Alegre tivemos a oportunidade de conhecer e acompanhar o trabalho social desenvolvido pelo grupo de mulheres solidárias G-MÃO - Grupo de Mãos em Ação na cidade de Gravataí. Acompanhamos a contação de histórias feita por uma voluntária para as crianças e a roda de artesanato para as mães e mulheres da Vila Morada dos Carvalhos, que são realizadas pelas amigas Ana Cruz, Maria Teresa da Cunha e Leticia Tafra Fontoura.


Uma das grandes preocupações da Leticia é de que as crianças tenham o acesso facilitado aos livros desde bem pequenas e possam desenvolver o prazer pela leitura. Na Vila Morada dos Carvalhos não existe nenhuma biblioteca ou escola pública próximas. Leticia se dedica voluntariamente à incentivar a leitura e providenciar a doação de livros para as crianças com sua Biblioteca Itinerante Estrela do Saber. Ela arrecada livros o ano todo para possibilitar que as crianças possam ter um contato maior com a leitura e o mundo cultural. Caso queira doar livros de literatura infantil, infanto-juvenil e também gibis pode entrar em contato diretamente com ela pelo email: titchalua@terra.com.br ou pelo Facebook do G-MÃO: https://www.facebook.com/GMAOgrupodemaosemacao


Além das atividades recreativas de pintura, desenho e leitura, o G-MÃO dá um lanche caprichado para as crianças da Vila Morada dos Carvalhos que são apaixonadas por achocolatado e pão com mortadela. O lanche também é arrecadado semanalmente ou financiado pelas voluntárias. As mulheres do G-Mão também providenciam lanche para as mães que fazem aulas de fuxico. Elas estão montando uma colcha belíssima com fuxicos que será rifada assim que ficar pronta. Duas mil peças de fuxico já estão prontas.


O artesanato é uma forma de conseguir uma renda e aumentar a autoestima das mulheres da comunidade. Na foto acima a moradora Karina costura um fuxico.


As mães da Vila Morada dos Carvalhos passam por muitas dificuldades, o bairro fica numa área rural e afastada onde não há ônibus que leve as crianças para a escola e o barro da estrada que leva ao bairro é digno de off-road. O G-Mão aceita doações de alimentos e produtos de primeira necessidade o ano inteiro: arroz, feijão, açúcar, molho de tomate, enlatados, café e bolachas são altamente necessários, assim como produtos para higiene pessoal, roupas e calçados para crianças e adultos. O contato para doações pode ser feito direto com a Leticia Tafra Fontoura.


Na foto a voluntária Luciane faz uma atividade recreativa com as crianças. Todo o trabalho realizado na Morada dos Carvalhos é voluntário. A luta do grupo solidário é para fechar o barracão onde as atividades acontecem e transformá-lo em um centro cultural. O barracão ganhou um piso depois de três anos de muita luta da comunidade, mas é fundamental que consigam as paredes para fechá-lo, proteger as crianças e suas mães do frio e então começar a montar a infra-estrutura do local.

Daniele Carneiro e Juliano Rocha participando das atividades recreativas na Morada dos Carvalhos realizadas pelo G-MÃO e suas voluntárias.


Esse barracão onde as atividades são realizadas já teve dias bem mais complicados, como ele não tinha piso, as atividades aconteciam praticamente no meio da rua, e quase fora do telhado por causa da lama que se formava em dia de chuva, sem contar que com o frio que faz em Gravataí, não é nem um pouco animador ficar exposto às baixas temperaturas para fazer o artesanato e as atividades com as crianças. Leticia nos contou que "o calçamento foi feito pela prefeitura depois de muita luta da comunidade, liderada pelo Gaúcho (Alexandre, líder comunitário). É o mínimo que eles poderiam fazer por pessoas que estão isoladas na periferia, à margem do comércio, dos meios de transporte e de oportunidades de emprego. O calçamento trouxe um pouco de conforto, higiene e dignidade. Mas, ainda estamos bem longe das condições ideais para a vivência inclusiva que tanto sonhamos".
Agora que este problema está resolvido, a vontade de todos é conseguir finalizar o barracão, construindo paredes e transformá-lo em um centro cultural que atenda os moradores da Vila Morada dos Carvalhos. Leia o artigo "solidariedade que edifica" e fique por dentro da história e das necessidades da Morada dos Carvalhos, de seus moradores e do barracão.

Mesmo em dias de muito frio as crianças comparecerem com suas mães para participar das atividades realizadas pelo G-MÃO.

Daniele Carneiro com a moradora Rosane e seu filho Maicon. 




A Biblioteca Itinerante Estrela do Saber, mantida pela Letícia, facilita o acesso das crianças da Morada dos Carvalhos aos livros e assim como as crianças atendidas pelas atividades de incentivo à leitura da Biblioteca Comunitária Sítio Vanessa, elas simplesmente se mostram apaixonadas pelos livros. Editoras e autores nacionais que quiserem colaborar diretamente com a iniciativa, podem entrar em contato direto com a Leticia, para fortalecer esse contato entre as crianças e os livros.


As crianças recebem os livros muito bem e adoram uma contação de histórias. Nessa foto estão os meninos Diogo, Michel e Eduardo.


Hora do lanche para esquentar um dia muito frio


O Thomas é um menininho muito inteligente da Morada dos Carvalhos que ainda não está em idade escolar mas que logo irá entrar. Enquanto isso, sua mãe o incentiva a realizar atividades educativas, a reconhecer o alfabeto e formar palavras. Ele veio nos mostrar orgulhoso o caderno cheio de atividades que ele faz com a ajuda da mãe, e ele disse que não vê a hora em que possa começar a frequentar a escola. Nós ficamos muito felizes em conhecer o Thomas e tiramos essa foto dele com o caderno para mostrar todo o esmero com que ele realiza suas tarefas.

Apadrinhamento: Quando nasce uma criança na Morada dos Carvalhos ou alguma nova família se muda para a vila, as voluntárias do G-MÃO convidam pelo Facebook pessoas que queiram voluntariamente apadrinhar as crianças, para dar um presente de aniversário e de natal até os 14 anos, como um incentivo à prática da solidariedade e da fraternidade com essas crianças que vivem em um bairro praticamente sem infra-estrutura. A Leticia conta que "algumas madrinhas, a maioria são mulheres, ajudam o ano todo com roupinhas, material escolar ou alimentos". Na fotoa a Ísis está ganhando um presente enviado por sua madrinha.

O Thomas e a Ísis com a Leticia Fontoura do G-MÃO. O Thomas escreveu essa cartinha para a Leticia, e nos mostrou o caderno dele onde está aprendendo a ler e escrever antes mesmo de ir para a escola.

Daniele Carneiro do blog Bibliotecas do Brasil, Ana Cruz e Leticia Fontoura

O Michel tirou a jaqueta para nos mostrar sua camiseta do Brasil

A Andrea adora os livros que a Leticia leva para distribuir para as crianças e fez questão de aparecer nas fotos com o seu exemplar escolhido para ler

Conheça os produtos que o G-MÃO arrecada o ano todo e colabore com o desenvolvimento da Vila Morada dos Carvalhos:

  • Biblioteca Estrela do Saber: livros infantis, infanto-juvenis e gibis para a Biblioteca Itinerante Estrela do Saber. Material escolar e suprimentos de papelaria para atividades educativas e recreativas com as crianças;
  • Roupas: doação de roupas infantis e femininas, agasalhos e cobertores em bom estado. Sapatos infantis e para adultos em bom estado, que ainda possam ser utilizados;
  • Alimentos em geral: leite, achocolatados, biscoitos, arroz, feijão, óleo, açúcar, polenta, massa, molho, farinha e enlatados, todos dentro do prazo de consumo;
  • Utilidades domésticas: o grupo também aceita doação de tapetes (exceto carpetes), tecidos, tesouras de costura, caixas de plástico organizadoras e demais produtos que possam ser utilizados nas aulas de artesanato. Material de limpeza, vassouras, baldes e esfregões também são aceitos;
  • Higiene pessoal: artigos para higiene pessoal de todos os tipos, fraldas para bebês e fraldas geriátricas. Duas mulheres estão grávidas na Vila e nesse momento o grupo arrecada produtos para o enxoval.
A Leticia Fontoura que é uma das responsáveis pelo trabalho do G-MÃO, recebe as doações de livros e demais produtos em seu endereço: Avenida José Loureiro da Silva, nº 1056, Centro, Gravataí/RS - CEP: 94010-000 ou a entrega das doações pode ser combinada via Facebook: https://www.facebook.com/GMAOgrupodemaosemacao

Texto: Daniele Carneiro - Bibliotecas do Brasil
contato@bibliotecasdobrasil
Fotos: Daniele Carneiro e Juliano Rocha

Leia mais:

VocÊ pode gostar também

0 comentários

Subscribe