Cartoneras - livros independentes, únicos e sustentáveis

28.7.14


As cartoneras nasceram na Argentina em meio à uma crise econômica, e como a necessidade é a mãe da invenção, escritores e poetas independentes começaram a produzir livros impressos em pequenas gráficas e com as capas feitas de papelão, normalmente reciclado, pintadas uma a uma. Fazer um livro cartonero ("cartoneras" são as mulheres que recolhem recicláveis e principalmente papelão nas ruas de Buenos Aires) é uma atitude de independência, auxilia a reciclagem daquilo que até pouco tempo atrás seria considerado lixo e permite que escritores iniciantes e independentes entrem no mercado editorial.
Essa mistura de fanzine com livro oficial criou uma alternativa onde poetas e novos escritores possuem uma voz e não mais precisam esperar alguma grande editora um dia, quem sabe, ler seu manuscrito. Como a internet dá voz para todas as vozes os livros cartoneros dão voz para todos os escritores.
Conhecemos as cartoneras em nossa viagem para Porto Alegre e ficamos fascinados com sua feitura e as possibilidades que elas ofereciam de democratizar o acesso à publicação. Suas capas únicas são excelentes meios para divulgar o trabalho de artistas plásticos e agregar valor ao livro, pois ele será um exemplar único em meio aos milhares de exemplares idênticos produzidos pelas grandes editoras. No FestiPoa Literária, fomos ao lançamento da cartonera do Jornal Boca de Rua, que é produzido pelos moradores de rua de Porto Alegre, com capas produzidas por diversos artistas plásticos que doaram seus trabalhos para o Boca de Rua conseguir arrecadar dinheiro para suas ações. Outra pessoa que conhecemos foi o Julio Souto, da editora Maria Papelão, que tinha alguns exemplares de cartoneras para nos mostrar e nos explicou o conceito das cartoneras. No dia seguinte compramos uma cartonera chamada "A única voz" de Wilson Freire na Palavraria Livros & Cafés.
Depois de muito pesquisar, infelizmente não achamos ninguém que produza cartoneras em Curitiba e decidimos mudar essa situação. Estamos produzindo a cartonera do Bibliotecas do Brasil! Ela contará com textos produzidos pelos editores do blog, Daniele Carneiro e Juliano Rocha, terá textos de nossa newsletter Bibliotecas do Brasil Inbox, bem como textos inéditos. As capas serão feitas por Juliano, cada uma sendo uma obra única e exclusiva de quem a adquirir. Em breve elas estarão prontas e poderão ser adquiridas pessoalmente conosco nos eventos que participaremos ou então pelo blog, com entrega pelos Correios.
Abaixo estão algumas fotos da produção da cartonera do blog Bibliotecas do Brasil:





Texto e fotos: Daniele Carneiro e Juliano Rocha - Bibliotecas do Brasil
contato@bibliotecasdobrasil.com

Leia mais:
  • Lançamento do livro-arte Boca de Rua e Mostra de Saraus na FestiPoa Literária
  • Palavraria Livros e Cafés, Porto Alegre/RS
  • Assine a newsletter "Bibliotecas do Brasil Inbox"
  • VocÊ pode gostar também

    4 comentários

    1. ...acho que podemos produzir outras cartoneras em Curitiba, com artistas visuais e poetas. mostre como vcs fazem e do que precisam. bjs

      ResponderExcluir
    2. Boa ideia e iniciativa. Gostaria de saber como adquirir. Eu mesma tenho alguns escritos(inéditos) de poesias e gostaria de vê-los publicado por esse . Beijos

      ResponderExcluir
    3. Boa ideia e iniciativa. Gostaria de saber como adquirir um desses livros. Eu mesma tenho alguns escritos (poesias) inéditos e gostaria de vê-los publicados assim. Beijos

      ResponderExcluir
    4. Quem quiser comprar nossos livros cartoneros pode acessar a página da Cartonera Bibliotecas do Brasil ou enviar um email para contato@bibliotecasdobrasil.com http://www.bibliotecasdobrasil.com/p/cartonera-bibliotecas-do-brasil.html

      ResponderExcluir

    Subscribe