Livros Livres em Novo Hamburgo

25.4.15



Um dia chuvoso também é um bom dia para deixar livros livres pela cidade. E foi com essa disposição em trazer uma bela surpresa para as pessoas encontrarem livros em seu caminho, que a autora e contadora de histórias Milene Barazzetti deixou vários livros livres nas paradas de ônibus pela cidade de Novo Hamburgo no Rio Grande do Sul no dia 20/04/2015. A Milene contou que os livros são arrecadados na comunidade e doados por escritores. Todos os livros que vão para a ação de livros livres têm ao menos um exemplar igual disponível no acervo da Biblioteca Fábrica do Saber, onde podem ser emprestados gratuitamente.


A espera do ônibus pode ser uma perda de um tempo precioso que jamais será recuperado, mas ao encontrar um livro, a pessoa pode dedicar esses minutos para ler. Milene escreveu em seu perfil no Facebook: "Hoje quando acordei e vi a chuva caindo forte logo pensei: 'Como libertar livros em um dia chuvoso?' Uma outra pessoa iria desistir, mas quem me conhece sabe que essa palavra 'desistir' não entra no meu vocabulário. Quando cheguei na Biblioteca Fábrica do Saber já comecei a ensacar os livros que seriam distribuídos. Acabei de deixar 30 livros nas paradas de ônibus do bairro Ideal em Novo Hamburgo. Hoje a tarde irei ao centro da cidade. Fiquei muito feliz porque quando estava retornando, alguns livros que eu tinha colocado nas paradas não estavam mais lá. Isso quer dizer que já tem alguém lendo por aí"!


Os livros seguiram com a seguinte mensagem: "Olá! Sou um livro livre a procura de um leitor. Cansei de ficar na prateleira da Biblioteca. Quero é percorrer o mundo e conhecer novos leitores. Se você aceitar, passarei um tempo com você até terminar a sua leitura. Após isso, peço que me deixe em um lugar público para que outra pessoa me ajude a continuar minha viagem. Conto com você"!


Como o dia estava chuvoso a Milene teve a preocupação em colocar os livros em saquinhos plásticos para protegê-los e para a maior comodidade daqueles que tiveram a sorte de encontrá-los. A Milene comprova na prática que deixar livros livres de forma voluntária e desapegada é uma ação muito simples, simpática e generosa e que pode ser realizada por qualquer pessoa em qualquer bairro ou comunidade, pelo prazer genuíno de incentivar a leitura, e  fazer do livro uma surpresa que gera um sentimento gostoso tanto para aqueles que doam, quanto para aqueles que têm a sorte de encontrar um livro livre.




Milene deixa o convite aberto para que o trabalho realizado na Biblioteca Fábrica do Saber seja conhecido pelas leitoras e leitores do blog Bibliotecas do Brasil. Navegue pelas tags 'Fábrica do Saber' e 'Milene Barazzetti' e leia sobre contação de histórias, literatura infantil e bibliotecas atuantes. Uma forma de acompanhar o trabalho da Milene é através do blog da Biblioteca Fábrica do Saber. Confira mais fotos da ação de livros livres em Novo Hamburgo nesse post.


O blog Bibliotecas do Brasil já realizou várias ações de livros livres, em bairros da periferia de Curitba como Boqueirão e Uberaba e também na cidade de Guaratuba, no litoral do Paraná. Deixar livros livres é uma oportunidade de olhar para o bairro onde moramos a partir de uma nova perspectiva e assim fazer um aprofundado exercício de observação. Além de deixar livros livres para que as pessoas possam encontrá-los espontaneamente, a ideia é achar locais na vizinhança onde se possa praticar a leitura ao ar livre ou localizar praças e espaços públicos que tenham potencial para que a leitura possa ser vivenciada, onde as pessoas possam se encontrar e confraternizar pela cultura ou simplesmente ler com tranquilidade. Mas nem sempre os espaços públicos que encontramos são cenários mais adequados para que a leitura aconteça. Leia mais sobre o tema no artigo Livros livres na Praça do Sesi Boqueirão, Curitiba/PR.




Em algumas cidades, como observamos em nossas diversas ações de livros livres em Guaratuba, os pontos de ônibus são precários, isso quando existem. Acontece de as prefeituras de algumas cidades não providenciarem a manutenção necessária para pontos de ônibus, que muitas vezes acabam dominados pelo mato. Eles não têm bancos e isso causa uma dificuldade extrema para quem necessita deles, não têm telhados, e sua ausência obriga as pessoas a esperar debaixo de chuva e não possuem acessibilidade, o que torna a vida dos usuários do transporte público sofrida e complicada. Encontrar um livro livre é um alívio para uma espera que às vezes pode ser a pior parte do dia de uma pessoa. Na cidade de Piracaia, no interior de São Paulo, os pontos de ônibus se transformaram em bibliotecas livres pela iniciativa e vontade de pessoas que se importam com o incentivo à leitura. Conheça o projeto Piracaia na Leitura, que já mostramos aqui no blog.

Confira algumas das ações de livros livres que o blog Bibliotecas do Brasil já fez nos seguintes posts:


Gostou? Quer aprender como montar a sua própria minibiblioteca livre? Conheça o livro 'Ideias para Bibliotecas Livres' do blog Bibliotecas do Brasil


Se você precisa de ideias instigantes para o seu projeto de incentivo à leitura, o livro 'Ideias para Bibliotecas Livres' é o livro ideal para você. Ele irá te ajudar a compreender e realizar cada uma das etapas de montagem de uma biblioteca livre, e planejar ações de incentivo à leitura e partilha de livros com dicas especiais. O livro funciona como um manual prático, e foi baseado em nossas experiências na montagem de bibliotecas livres e bibliotecas comunitárias. Nós vamos partilhar com você como transformar sua vontade de montar uma biblioteca livre em realidade, com dicas, sugestões e ferramentas bastante simples que abrangem desde a escolha de um local, dos livros para disponibilizar nas biblioteca, como fazer campanhas de arrecadação e como envolver as pessoas no seu projeto.


A partilha de livros através de bibliotecas livres, de ações, iniciativas e projetos de incentivo à leitura têm se popularizado no mundo todo, e no Brasil não é diferente. As bibliotecas livres têm ganhado força em todo o território nacional, através das mãos e das iniciativas de pessoas que têm o prazer de partilhar livros, democratizar a cultura, e torná-los acessíveis a quem de outra forma, não teria como entrar em contato com eles. Com a ajuda de materiais recicláveis e reutilizáveis, e o engajamento das comunidades leitoras, manter uma biblioteca livre comunitária é um projeto bastante apaixonante, divertido e de estímulo à leitura e à circulação de livros. E no livro 'Ideias para Bibliotecas Livres' você encontrará exemplos de histórias, dicas, sugestões, ideias e ferramentas para tirar o seu projeto de biblioteca livre do papel, e começá-lo agora mesmo.



Matéria: Daniele Carneiro - Bibliotecas do Brasil
contato@bibliotecasdobrasil.com
Fotos: Milene Barazzetti
Fotos do livro Ideias para Bibliotecas Livres: Daniele Carneiro
Artes: Juliano Rocha

VocÊ pode gostar também

0 comentários

Subscribe