100 anos do nascimento de Billie Holiday

7.4.15


Toda a dor e a paixão que se derramam pelas músicas de Billie Holiday pode ser sentida nos mais profundos cantos da alma de quem tem o prazer de escutar sua voz vibrando no fundo de um salão escuro e enfumaçado de jazz. A cantora foi um exemplo de perseverança, uma prova de que as provações da vida podem proporcionar combustível para uma arte que transcende o humano e chega ao status mitológico.

No dia 7 de abril de 1915 nascia essa lenda do Jazz, e nesse ano comemoramos 100 anos de seu nascimento. E para nós, humanos que vivemos no século XXI, Billie Holiday pode ser considerada uma de nossas deusas. 

Leia mais sobre a história de vida de Billie Holiday por ela mesma em Lady Sings The Blues - A Autobiografia Dilacerada De Uma Lenda Do Jazz. A frase da nossa arte em homenagem à Billie Holiday está nesse livro.

Caso queira uma visão mais geral e com mais detalhes que autobiografias quase sempre deixam passar, existe a Biografia Billie Holiday lançada pela L&PM. 

Outra opção para se aprofundar na arte dessa deusa contemporânea, é o livro Strange Fruit de David Margolick, que conta a história de uma das mais famosas músicas interpretadas por Holiday e que pode ser conferida abaixo:



Arte e texto: Juliano Rocha
Sobre foto de: Carl Van Vechten
contato@bibliotecasdobrasil.com

VocÊ pode gostar também

0 comentários

Subscribe