Vidas dedicadas à leitura

17.10.13

Os livros e a leitura são nossas paixões e nos acompanham em vários momentos de nossas vidas. Viagens, passeios, saidinhas para um café, passeios à toa no shopping, estamos sempre em busca de um sofazinho pelo menos um pouco confortável para ler por alguns minutos. Por causa dos livros e da leitura, conversamos, trocamos ideias, planejamos as leituras das férias de verão e de inverno, participamos de alguns eventos dedicados aos livros e à leitura (aqui e aqui). Conhecemos muita gente que divide essa paixão pela leitura conosco e isso é muito bom. Através de suas histórias  somos levados a conhecer lugares e pessoas extraordinárias. Fora das páginas, os livros também nos levam a lugares e pessoas que não conhecíamos e que passamos a conhecer e admirar.

Leituras nos sábados à tarde: Van Gogh e O Povo Brasileiro. Leituras feitas na pracinha, do lado de fora de uma biblioteca fechada em um lindo sábado à tarde

Os livros podem nos motivar, estimular nossa criatividade, ampliar nossos conhecimentos e nos levar também a conhecer todos os tipos de pessoas no Brasil e também fora de nosso país. Pessoas voltadas para o mesmo objetivo: o alcance dos livros para mais e mais leitores que sofrem com a falta de acesso à bibliotecas em suas cidades ou que não tem recursos para comprá-los.

Às vezes acontece de nos alongarmos demais em uma leitura, e aí surge outro livro que nos desperta a atenção, a atenção da novidade, do desconhecido, vem aquela sensação de que precisamos ler esse livro imediatamente. A leitura é assim, caminha sintonizada com as nossas emoções e humores.

Nossa geladeira literária, está um pouco mais vazia agora do que na foto por causa da nossa grande circulação de livros.

E os livros são sempre carregados no carro, nas mochilas, deixados em alguns bancos, praças, campus de faculdades, aleatoriamente, e também doados aos os projetos que gostamos e colaboramos e que estão mais próximos dos locais que frequentamos. O que nós gostamos realmente nos livros é essa sensação de continuidade, de poder compartilhar essa leitura que acabamos de fazer e deixá-los circular. É a nossa grande paixão.


E tem aqueles dias de sorte, quando entramos em algum sebo aleatório e com o preço de um livro em uma livraria tradicional, levamos vários. Esse ano em poucas visitas aos sebos conseguimos títulos maravilhosos. Depois das leituras eles serão colocados em circulação através de doações.


Bom mesmo seria ter silêncio no bairro para lermos esses estimados volumes, mas para a paz e o sossego necessários a leitura, só saindo de casa mesmo.

 Livros emprestados em algumas bibliotecas que frequentamos ao longo do ano.

 O Povo Brasileiro para as aulas de História do Brasil e conhecimento essencial para a vida

Em uma padaria em Guaratuba, curtindo a doação feita pela nossa amiga Silvia Buchalla da Biblioteca Amigo Livro

Doações de livros infantis, revistas e gibis que recebemos para realizar atividades de incentivo à leitura com a Biblioteca Comunitária Sítio Vanessa

Diários 1947-1963 de Susan Sontag, O Historiador e suas fontes, Nova História em Perspectiva e Apologia da História de Marc Bloch: os livros de formação acadêmica se misturam com as leituras escolhidas por afeição aos autores.

Leia mais:

Fotos: Daniele e Juliano
contato@bibliotecasdobrasil.com

VocÊ pode gostar também

0 comentários

Subscribe