Biblioteca Sem Paredes, Rio de Janeiro

5.5.14


A Biblioteca Sem Paredes é um projeto voluntário de Patrícia Chamon e Carlos Farias que busca promover e incentivar a leitura na capital do Rio de Janeiro. Os livros são arrecadados e doados por amigos ou pessoas interessadas em partilhar leitura e depois são disponibilizados em praça pública, numa banca para as pessoas que circulam pela Feira Desapegue-se.
Patrícia e Carlos começaram suas atividades com a Biblioteca Sem Paredes em dezembro de 2011 na Feira Desapegue-se, evento que ocorre uma vez por mês no bairro do Grajaú no Rio de Janeiro. Essa feira de sustentabilidade é um evento inspirador que oferece produtos diversos voltados para uma alimentação saudável, tem preocupação com o respeito ao meio ambiente e fortalece a prática da troca de objetos por outros, inclusive por abraços. A Patrícia é gestora do projeto e arrecada as doações, ela também é responsável pelo custo mensal da banca no espaço da Feira Desapegue-se. O Carlos é estudante de biblioteconomia na Unirio, e cogestor da Biblioteca Sem Paredes, responsável pela distribuição e entrega dos livros, bem como por manter a página no Facebook atualizada.


Com a parceria consolidada, a Patrícia arrecada os livros e guarda em casa e o Charles disponibiliza os livros tanto na feira quanto nas ruas, na universidade onde estuda, nos ônibus, no metrô e nos trens da cidade. Ele também oferece os livros pela página da Biblioteca Sem Paredes no Facebook e marca um local para a entrega. "Sempre tenho livros comigo para doar às pessoas. É um prazer imenso ver a reação delas quando as presenteamos com um livro. A única coisa que pedimos é que após ler, passem os livros adiante. O objetivo é que as pessoas peguem livremente os livros, levem-nos, leiam e depois os passem adiante. Com isso, facilitamos o acesso ao conhecimento, promovemos o hábito de leitura e incentivamos o desapego".

Feira Desapegue-se



Os frequentadores da Feira são pessoas da vizinhança e de bairros próximos. Segundo Charles: "a energia é incrível e sempre recebemos muitas doações dos amigos que nos visitam bem como disponibilizamos os livros. Nosso desejo é poder fazer algo igual em mais praças de nossa cidade ao menos uma vez por semana, mas temos problemas de logística e não temos patrocínio para que isso aconteça".

A Biblioteca sem Paredes funciona por meio de trabalho voluntário dos organizadores e de doações de livros recebidas dos usuários. A cada edição da Feira, é montada uma banca do projeto que disponibiliza os livros do acervo para que o público empreste e leve para casa. "Com isso, realizamos na prática o princípio de desapego que orienta esta feira de trocas e economia solidária, e, especificamente, o lema do projeto: 'Leia e passe adiante'. A cada mês a banca funciona das 9h às 14h".

Através do perfil no Facebook, criado para divulgar o projeto, Charles e Patrícia querem influenciar as pessoas a fazerem o mesmo: "é muito simples e prazeroso. Recebemos visitas de gente de todo lugar do Brasil e do exterior". Através do Facebook os livros são partilhados com os visitantes e a forma como isso acontece é das mais simples: uma foto da capa do livro ou da folha de rosto é postada com sua resenha, e a pessoa interessada só tem que dizer o título que quer, e este imediatamente fica reservado esperando que seja marcado o dia e local da entrega do livro. Esta operação é feita sem nenhum ônus da parte de quem ganha o livro: "Outro desejo que temos é o de poder enviar livros para os leitores com a Biblioteca Sem Paredes bancando a remessa, mas tudo isso ainda é um sonho".

No momento a partilha de livros acontece no Rio de Janeiro em razão do projeto ainda não ter uma verba específica para enviar livros para outros estados e até países distintos. Esta é uma das metas da Biblioteca Sem Paredes para 2014, já que a página no Facebook é visitada por pessoas de diversos estados brasileiros e também de países como Portugal e México. O Carlos conta mais: "Eu estudo na UNIRIO (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e quem visita a página do Facebook da Biblioteca Central da universidade pode chegar num link da nossa, é um apoio que recebemos e que comprova a seriedade do nosso trabalho".


Em uma estimativa feita no mês de dezembro de 2013, Carlos e Patrícia calculam que o projeto partilhou uma média de 500 livros nos dois últimos meses do ano.

Patricia Chamon e Carlos Farias da Biblioteca Sem Paredes

A Biblioteca Sem Paredes tem um marcador de página que é doado juntamente com os livros. No marcador os organizadores do projeto definem com a seguinte frase a sua missão: “Doar livros propagando o conhecimento e ampliando o horizonte do maior número de pessoas, esta é nossa missão.” Este é um sonho que Carlos e Patricia conseguiram tornar real: "Queremos conseguir apoio e suporte para poder fazer mais e melhor, tomara que consigamos o quanto antes".

Quer ajudar?
Entre em contato pela página no Facebook do projeto: https://www.facebook.com/BibliotecaSemParedes
Ou pelo e-mail: farias.c.a.biblio@gmail.com
Visite a Feira Desapegue-se todo mês na Praça Edmundo Rego - Grajaú, Rio de Janeiro, RJ.

Leia mais:

Daniele Carneiro - Bibliotecas do Brasil
contato@bibliotecasdobrasil.com
Fotos: Carlos Farias - Bibliotecas Sem Paredes

VocÊ pode gostar também

3 comentários

  1. Excelente proposta de democratização do livro. Uma das poucas, senão única, na cidade do Rio de Janeiro. Sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo elogio Jurema Rangel. Que tal aparecer domingo agora dia 14 de dezembro pra comemorarmos juntos nossos três anos de atividades? Um abraço.

      Excluir
  2. Estou viajando. Certamente irei numa próxima oportunidade. Abr. Jurems

    ResponderExcluir

Subscribe