Livros livres, produtos orgânicos e um bom papo na Matinfeira, litoral do Paraná

30.7.13

Francisco Amaro (Chico), Daniele Carneiro e Angélica Silva na mesa do projeto na Matinfeira
A Feira Livro é uma das ações do Projeto de Extensão Minha Universidade Lê (MinhaUL), coordenado pelos professores Elisiani V.Tiepolo e Luiz Everson da Silva da UFPR Litoral, em Matinhos, cidade do litoral do Paraná. O MinhaUL visa criar uma cultura de leitura de textos literários na comunidade acadêmica a partir de várias ações promovidas de forma integrada e contínua. Duas dessas ações são: o Sarau Literário, que acontece uma vez por mês e a Feira Livro. A Feira Livro acontece sempre às quartas-feiras dentro da UFPR Litoral, entre os blocos didáticos, das 18h as 19h, onde são realizados empréstimos de livros para os acadêmicos, docentes e funcionários.

























Ainda na quarta pela manhã, a Feira Livro acontece na Matinfeira, a Feira da Agricultura Familiar de Matinhos. Localizada na Rua da Fonte. próxima ao Mercado do Peixe no centro da cidade. Nesse lugar calmo com a bela vista do mar são feitas trocas e empréstimos de livros e gibis. O MinhaUL funciona a partir de doações de livros e da divulgação de acervos já existentes, partindo do princípio de que devemos criar formas de fazer com que os livros circulem. Portanto as doações são muito importantes para que esta ação continue a existir.

























A Angélica Silva é de Joinville e mora em Matinhos desde 1999, com sua filha Amanda que tem 6 anos e que adora ler gibis para suas amiguinhas. Angélica faz licenciatura em Linguagem em Comunicação na UFPR-Litoral, é bolsista do projeto Feira Livro, e com o apoio de Francisco Amaro, técnico em agroecologia responsável pela organização da feira, realiza a ação voluntária através de empréstimos livres (sem burocracia ou data de devolução) e incentiva a leitura na Matinfeira. Os feirantes são pequenos agricultores que se reúnem toda quarta-feira das 7h as 12h. Na feira são comercializados produtos naturais, produtos orgânicos e também artesanato. Além do empréstimo dos livros para feirantes, visitantes e para os frequentadores, ela realiza a promoção da leitura, conversa sobre os livros e histórias relacionadas à educação e cultura.

Caderno de empréstimos onde a Angélica anota o nome dos leitores e um número de telefone para contato

O projeto foi iniciado recentemente e com as doações de amigos e pessoas que gostaram da iniciativa. Com a colaboração de todos foi montada uma pequena estrutura, uma mesa com os livros onde Angélica faz os empréstimos. A pessoa que quiser levar alguns exemplares emprestados só precisa deixar o nome e o número de telefone, e se comprometer com a devolução do livro quando terminar de ler, sem pressa, a seu tempo, sendo a principal preocupação a circulação dos livros e o incentivo à leitura.

  • Todo leitor que leva um ou mais livros emprestados é incentivado à trazer para a feira algum livro de casa, que já tenha lido e que não pretenda reler, para assim compreender que sem a prática do desapego, não há doação, e sem doação, não há circulação de livros.
Foi a Angélica que entrou em contato conosco para contar sobre a Feira Livro, e a  grande coincidência é que nós estávamos passando alguns dias em Guaratuba, cidade vizinha de Matinhos, que fica distante apenas alguns quilômetros (uma pequena viagem de ferry boat de Guaratuba até Caiobá). Aproveitamos essa oportunidade para numa manhã geladíssima de inverno, conhecer a Angélica, e seu esforço em tornar os livros e a leitura parte do dia a dia dos feirantes, frequentadores, de alguns alunos da universidade que passam por ali e moradores de Matinhos.

Levamos 32 livros doados pela Silvia Helena Buchalla da Biblioteca Amigo Livro de Guaratuba, e alguns dos nossos próprios livros, aqueles que já lemos e que não iríamos ler novamente para doar ao projeto

  • Todos os livros foram carimbados com a arte da iniciativa voluntária "Leia, empreste ou devolva" que disponibilizamos para download gratuito aqui no blog Bibliotecas do Brasil.
Alguns deles já foram emprestados ao longo da manhã para pessoas que passavam pela feira. Conversamos muito com o Francisco Amaro que trabalha com comércio de plantas e adubos naturais, além de organizar a Matinfeira, que já existe há 5 anos. Chico já publicou um livro chamado "Conheça a Eisenia - Deixe as Eisenias transformarem os resíduos vegetais de sua casa em adubo". "Eisenia" são as famosas minhocas, que promovem "a fertilização dos solos, gratuitamente, favorecendo o desenvolvimento sustentado de cultivos temporários e perenes.". O livro pode ser adquirido no site dele.

Livro do Chico Amaro

O Chico tem uma empresa que oferece aos clientes  uma assessoria completa nas áreas de jardinagem, reaproveitamento de resíduos vegetais e animais, bem como a realização de cursos e oficinas sobre agroecologia. Ele tem uma banca na Matinfeira onde vende mudas de diversas árvores, e orienta os frequentadores sobre agroecologia e produtos orgânicos.

Muda de pau-brasil (Caesalpinia echinata) que ganhamos do Chico Amaro na Matinfeira

Doação e empréstimos de Livros
Feira Livro na Matinfeira

A Angélica fica toda quarta-feira com uma mesa cheia de livros para empréstimo livre na Matinfeira, que se localiza na Rua da Fonte, nº 412, ao lado do Mercado do Peixe em Matinhos/PR, das 9h as 12h. Para dar continuidade ao projeto Feira Livro, Angélica precisa de doações de livros e gibis para fazer os empréstimos. Quem quiser colaborar entre em contato direto com ela por e-mail: angelica2450@gmail.com e também no Facebook.

Os livros também podem ser entregues diretamente na Matinfeira. Para quem quiser enviar pelo correio pode enviar para o endereço:
Rua Waldir Mueller, nº 605 - apto 114 - Centro, CEP: 83260-000, Matinhos/PR, aos cuidados de Angélica Aparecida da Silva.

Leia mais:


Texto: Daniele Carneiro e Juliano Rocha
Fotos: Daniele Carneiro, Juliano Rocha, Chico Amaro
bibliotecasbr@gmail.com
Colaboração: Angélica Silva e Elisiani Tiepolo

VocÊ pode gostar também

0 comentários

Subscribe