Biblioteca Solidária Ecoteca, Balneário Camboriú/SC

18.5.14


O Centro Eco Cultural do Projeto Eco Cidadão em Balneário Camboriú, Santa Catarina, é um espaço com aproximadamente 250m² de área construída todo voltado para ações solidárias e ecológicas onde foi montada a Ecoteca, uma biblioteca livre para as pessoas que participam das ações do projeto como a troca de resíduos sólidos por recompensas. O Centro Eco Cultural é um projeto social, ecológico e solidário, que abriu as portas na primeira semana de dezembro de 2013 e é coordenado por Luciana Andrea. O Centro foi idealizado pela AMSC - Associação de Mulheres Solidárias Criativas em parceria com o Fórum Municipal de Economia Solidária e tem como objetivo atuar na conscientização da comunidade em relação ao consumo consciente, a coleta seletiva e a educação ambiental. Além das ações educativas, o projeto visa fortalecer os empreendimentos solidários com a comercialização de produtos da economia solidária produzidos por famílias de catadores de material reciclável, artesãos e famílias em situação de vulnerabilidade.
As ações do Centro focam na redução, no reuso e na reciclagem de resíduos sólidos e propõem uma ação participativa de toda a comunidade. O Projeto Eco Cidadão está sendo realizado com recursos das próprias famílias envolvidas e atualmente não conta com apoio financeiro de nenhuma outra instituição, órgão público ou privado.


A Luciana nos explicou como funciona a Ecoteca: "A Biblioteca Solidária do Projeto Eco Cidadão repassou nos últimos três meses mais de 200 livros de literatura para pessoas da comunidade que participam do Projeto Eco Cidadão. Encaminhando seus resíduos sólidos para reciclagem, você tem acesso gratuito aos mais variados títulos. Adotamos o carimbo Leia, Empreste ou Devolva, modelo do blog Bibliotecas do Brasil, e agradecemos a amiga Daniele Carneiro, pelo incentivo e apoio". A Ecoteca é a 17ª biblioteca livre do Brasil a utilizar a arte da nossa iniciativa Leia, Empreste ou Devolva. Conheça as demais bibliotecas nesse post.

  • Para conhecer a iniciativa Leia, Empreste ou Devolva e baixar o tutorial de montagem de bibliotecas livres, a arte de um carimbo e de um cartaz, visite a área de downloads 


"Todos os livros que temos na Ecoteca são recebidos das famílias que separam e encaminham seus reciclados para o projeto. Não compramos livros. O projeto funciona assim: A pessoa separa seu lixo e tudo que é reciclável traz para o projeto. É feito um cadastro e a pessoa recebe o cartão Eco cidadão, um cartão de pontos, onde cada item de material reciclado equivale a pontos que são acumulados no cartão. A pessoa acompanha o extrato de seus pontos no site e troca os pontos acumulados por vale-compras em estabelecimentos parceiros do projeto. Além de resíduos sólidos, recebemos roupas, calçados, utilidades, sacolas de papel  e livros. Tudo que a pessoa traz para o projeto, conta pontos no cartão, o que tem condições de uso vai pro bazar de reuso, aumentando a vida útil do produto e dando sustentabilidade ao projeto. Os resíduos que não são utilizados para confecção de artesanato são vendidos para recicladores e revertidos em renda para as famílias envolvidas no projeto. Os livros de literatura vão para a Ecoteca, onde quem separa e encaminha o reciclado pode levar para ler, emprestar ou devolver ao projeto."


Mesa de leitura com base de enciclopédias e livros antigos, na Ecoteca do Projeto Eco Cidadão.



No Centro Eco Cultural do Projeto Eco Cidadão tem o espaço Ecokids: uma área para educação ambiental de crianças com brinquedos de reuso disponíveis produzidos através dos produtos de reciclagem. Os brinquedos de reuso são para as crianças que visitam o Eco Cidadão brincar no tempo em que estiverem por lá, mas também estão disponíveis para a venda. Já os brinquedos de reciclagem são para serem utilizados nas oficinas e para venda. Eles custam entre R$1,00 e R$10,00.


Fábio Aurélio Castilho é autor do livro "Numa Boa" e do projeto de leitura e contação de histórias Ler e Viver, aprovado pela lei municipal de incentivo à cultura de Balneário Camboriú. O projeto consiste na publicação e distribuição de exemplares do livro em eventos de leitura e contação de histórias para a comunidade e alunos dos primeiros anos do ensino fundamental da cidade.
Fábio conta suas histórias em cenário feito de material reciclado e utiliza brinquedos e personagens também de material reciclado, do projeto Eco Cidadão. "O livro 'Numa Boa' tem uma maneira gostosa e divertida de brincar com rimas, números e imagens, e tem ilustrações de Julio Cezar Souza de Jesus. O lançamento do livro junto à contação de histórias, acontecerá oficialmente no dia 29 de maio de 2014, às 20h, no Teatro Municipal Bruno Nitz, em Balneário Camboriú, Santa Catarina". 



Regras da Biblioteca Solidária Ecoteca 

1. Leve o livro para onde quiser durante o tempo necessário;
2. Cuide dele. Depois de ler, devolva ou passe adiante;
3. Este livro não deve pertencer a ninguém;
4. Se ele estiver em prateleira particular, leve-o, leia-o, passe-o adiante ou devolva à Ecoteca; 
5. Devolva um livro à Ecoteca e ganhe 05 pontos no seu cartão Eco Cidadão;
6. Entregue um livro seu, na Ecoteca e ganhe 10 pontos no seu cartão Eco Cidadão;
7. Somente livros em bom estado, serão pontuados como reuso; 
8. Livros sem condições de uso, serão pontuados como reciclagem; 
9. A Ecoteca é um benefício exclusivo de todo cidadão que separa seu lixo e possui o cartão eco cidadão ativo.


Foto do Natal do Centro Eco Cultural do Projeto Eco Cidadão em Balneário Camboriú 


O Centro Eco Cultural Cidadão Solidário recebe doações de livros de literatura para sua biblioteca.
Endereço: Rua São Paulo, nº 209, Bairro Estados, Balneário Camboriú, Santa Catarina
Contato: (47) 3363-6372, (47) 9978-8889 com Luciana Andrea
E-mail: contato@ecocidadaobc.com.br, lu.inclusao@gmail.com, philippepierri@hotmail.com
Site: www.ecocidadaobc.com.br

Daniele Carneiro - Bibliotecas do Brasil
contato@bibliotecasdobrasil.com
Fotos: Luciana Andrea e Philippe Pierri

Leia mais: 

VocÊ pode gostar também

0 comentários

Subscribe