Pegue um livro e fique à vontade no Piquenique da Leitura

27.5.13


O Piquenique da Leitura é uma iniciativa extremamente simples: uma grande colcha de retalhos é estendida todos os domingos pela tarde no Parcão de Cachoeirinha, no Rio Grande do Sul, com centenas de livros, revistas e gibis em exposição. O público vai chegando e se acomoda sobre "bolachas" de madeira compensada forradas de tecido, para ler no local ou trocar livros. Muita gente leva doações e quem chega de mãos vazias pode levar algo para ler em casa sem o compromisso de devolver. O Piquenique é um projeto de circulação de livros e deu tão certo, que já inspirou o surgimento de iniciativas similares em vários outros municípios gaúchos como GlorinhaPorto Alegre e Santa Cruz do Sul, e de fora do estado, como Belo Horizonte e Curvelo em Minas Gerais, Maringá no Paraná, e Tubarão em Santa Catarina.

Sônia Zanchetta, uma das idealizadoras do projeto conta como tudo começou:
"Cachoeirinha  fica a 17 km de Porto Alegre, e vim morar aqui em 2000. Eu havia trazido de Porto Alegre um acervo de mais de mil livros e, logo, comecei a emprestá-los para os vizinhos. Mais adiante, decidi doar a maioria deles para bibliotecas comunitárias que começavam a surgir por aqui e conservei apenas os que me pareciam essenciais. Em 2011, criei, na minha casa, o projeto Quitanda da Leitura, onde livros, revistas e jornais doados por parceiros são expostos em caixas e cestas e disponibilizados para as bibliotecas comunitárias e projetos de leitura da cidade, ou trocados diretamente com leitores interessados. Logo, começaram a chegar tantas doações que a contadora de histórias Rosane Castro e eu decidimos criar um projeto que colocasse o livro no meio do caminho do leitor, e assim nasceu o Piquenique em março de 2012. Embora haja alguns voluntários que colaboram com maior frequência no atendimento do público, o grupo é aberto. Sempre que necessário, fazemos um apelo pelo Facebook e aparecem novas caras por lá. Já ocorreu até de nenhum de nós poder estar no Parcão em um determinado domingo, e entregarmos os livros e equipamentos para pessoas que se ofereceram para fazer o Piquenique sozinhas. Os livros têm de circular!!!"
História do Piquenique da Leitura



No dia 11 de março de 2012 Sônia Zanchetta e Rosane Castro estenderam, pela primeira vez, o tapete colorido do Piquenique da Leitura na praça e disponibilizaram para a população de Cachoeirinha de forma gratuita, livros, revistas e gibis. Começava, naquele domingo de sol, um projeto de incentivo à leitura e a realização de sonho de compartilhar conhecimentos e emoções. Neste primeiro evento contaram ainda com a colaboração valorosa de Lígia Araújo e Rogério Porto Breier que abraçaram a causa e tornaram-se igualmente os fundadores deste projeto de sucesso. Vinte e quatro edições depois, muitos livros circularam pela praça e outros “piqueniqueiros” aderiram ao projeto e ampliaram ainda mais a capacidade de distribuição de livros entre leitores ávidos por emoções e aventuras. Outros Piqueniques da Leitura pipocaram por outras cidades, como Porto Alegre, São Leopoldo, Camaquã, Curvelo e Belo Horizonte. E o projeto continua crescendo. O Piquenique da Leitura tem seu canal de comunicação e divulgação de suas ações nesse blog,e também no Facebook.

Ação voluntária facilita o acesso à leitura

O objetivo do projeto é cativar leitores, incentivar o hábito à leitura. Promover encontros.


Sônia Zanchetta: "O Piquenique da Leitura de Cachoeirinha nos mostrou, entre outras questões, a força das redes sociais. Bastou realizarmos sua primeira edição para que outras pessoas percebessem que poderiam, também, colaborar, de alguma forma, para a construção da cidade leitora com que sonhamos. E logo o Piquenique já não tinha dono e passou a ocorrer independentemente de nossa presença. Cada vez há mais parceiros, mais doações de livros e mais leitores a sua volta. Tudo pode acontecer quando decidimos abandonar nossa zona de conforto e ser úteis à comunidade a que pertencemos".

Compartilhamento literário

Rosane Castro: "O Piquenique da Leitura é um encontro entre pessoas e livros. Ser uma das mediadoras deste encontro é sensacional. Ver o rosto das pessoas se aproximando, ver as crianças afoitas para segurar o livro, os pais lendo para os seus filhos, pessoas levando livros para trocar, ouvir suas histórias...Há cena mais humana que essa?"



Valdeci de Souza: "impossível ficar indiferente a este princípio tão fortemente defendido pela Sônia de que livro bom é livro que passa de mão em mão e não fica acumulando pó esquecido em alguma estante. Afinal, livro é para ser lido e não ser mais um objeto de decoração".

 Tapete colorido de livros estendido no gramado do Parcão de Cachoeirinha 

Como colaborar


O Piquenique da Leitura de Cachoeirinha é realizado por um grupo de voluntários comprometidos com a construção de uma cidade mais leitora e não tem vínculo com nenhum órgão público ou entidade da sociedade civil. Para dar continuidade ao projeto, o Piquenique da Leitura aceita doações de livros. Quem quiser colaborar de outras regiões do Brasil, pode enviar suas doações de livros para o endereço da Sônia Zanchetta, Rua Eurípedes Aurélio da Silva, nº 53, apto. 204 - CEP: 94920-250 - Cachoeirinha / RS - Fone: (51) 9116-9040. O grupo fica todo domingo das 15h às 17h no Parcão. Quem quiser doar livros pessoalmente está convidado a aparecer.




Gostou? 


Eu não deixo meus livros presos na estante.
Se você também doa seus livros, use este adesivo com orgulho!
Arte: Juliano Rocha


Texto: Daniele Carneiro - Bibliotecas do Brasil
Fotos: Piquenique da Leitura
contato@bibliotecasdobrasil.com

VocÊ pode gostar também

0 comentários

Subscribe