Ajude o G-MÃO a completar o barracão

23.5.13


A Biblioteca Itinerante Estrela do Saber do G-MÃO - Grupo de Mãos em Ação atende 75 crianças na comunidade carente de Morada dos Carvalhos, em Gravataí, no Rio Grande do Sul. A comunidade é afastada da zona urbana, localizada em uma área onde há muito mato e barro. Lá o grupo G-Mão tem o telhado e as bases de um barracão, para onde é levada a biblioteca itinerante e são feitas as atividades recreativas com as crianças e também atividades de artesanato com as mães e moradoras da região.

Pessoal reunido sob o galpão sem paredes na Morada dos Carvalhos

O trabalho do G-MÃO na vila Morada dos Carvalhos está seriamente ameaçado com a chegada do inverno. Nos meses de Junho e Julho a temperatura pode chegar aos 11ºC, e há registros de temperaturas bem mais baixas. Eles não tem um espaço fechado, apenas o barracão que não tem paredes. Com as chuvas o espaço ficou tomado pelo barro e as atividades não puderam mais ser feitas nesse local. O inverno nem começou e a situação já está crítica. Atualmente as organizadoras do G-Mão tem realizado o trabalho com a comunidade quase no meio da rua. Em dias de chuva as atividades são canceladas por causa dessas dificuldades: muito frio e barro.
Comunidade reunida sob o barracão sem paredes nem piso

Pedidos de ajuda já foram encaminhados à prefeitura de Gravataí e à câmara de vereadores, mas nada foi concretizado. A esperança do G-MÃO é tentar sensibilizar as pessoas e conseguir a ajuda de colaboradores independentes, ou de empresas que possam se voluntariar e ajudar com o que puderem. Em caráter emergencial, o Grupo G-MÃO precisa de um ou dois caminhões de brita para forrar o chão que virou um lamaçal, e assim poderem ocupar novamente a área embaixo do telhado. As organizadoras e a comunidade sonham em ter paredes e piso e precisam de toda colaboração possível para completar o barracão. Nas fotos é possível ver a área onde o grupo costumava ficar, e a estrutura que pretendem fechar com madeira e colocar piso.

Crianças atendidas pelo Grupo G-Mão precisam de paredes para enfrentar o inverno

Artesanato como fonte de renda: O Grupo G-MÃO além de emprestar livros e fazer atividades com as crianças da Morada dos Carvalhos, também ensinam o ofício do artesanato para as mães e moradoras da comunidade.


A Ana Cruz (foto) é a orientadora do artesanato do G-MÃO. Ela trabalha sempre focada em ajudar crianças e adolescentes. Segundo Leticia Fontoura, integrante do grupo, "ela sabe fazer muitas peças bonitas e está sempre em busca de novas ideias, principalmente com materiais recicláveis, como potes usados, retalhos e caixas de leite". Agora as moradoras atendidas pelo G-MÃO estão fazendo fuxicos para uma colcha de cama. O grupo pretende vender e dividir o valor.
No Rincão da Madalena, outra comunidade atendida pelo G-MÃO, como não há uma estrutura melhor, as moradoras também fazem fuxicos e outros tipos de artesanato. O grupo incentiva o trabalho e orienta as mulheres das comunidades a aprenderem um ofício, e também a ajudar na suas rendas familiares. Letícia explica que "a Ana ensina várias técnicas e leva modelos prontos, e as moradoras podem desenvolver o artesanato em em casa. Muitas delas conseguem um bom dinheiro, porque o material é todo doado pelo G-MÃO".
Letícia Fontoura e as crianças da Morada dos Carvalhos. As atividades acontecem quase no meio da rua quando não chove.

Quando chove o espaço se transforma em um lamaçal.

Doações:
Além do apoio que as organizadoras do Grupo G-MÃO estão solicitando para completar o barracão, elas também estão arrecadando os seguintes materiais: leite, achocolatado, biscoito, roupas de lã, cobertores, (em bom estado), tapetes (carpetes não), alimentos em geral, dentro da validade, (arroz, feijão, óleo, açúcar, polenta, massa, molho, farinha) tecidos, tesouras de costura, caixas de plástico organizadoras, material de limpeza, vassouras, esfregões, baldes, fraldas, sapatos infantis (em boas condições de uso, que possam ser utilizados imediatamente por uma criança).
Quem se interessar pode entrar em contato com a Letícia Fontoura através do Facebook e do email dela titchalua@terra.com.br e combinar a melhor forma de colaborar. O G-MÃO também atende as comunidades do Rincão da Madalena e Xará, e você pode conhecer todos os detalhes dos trabalhos realizados por essas mulheres nesse post do blog Bibliotecas do Brasil.

Leia mais:
Daniele Carneiro
contato@bibliotecasdobrasil.com

VocÊ pode gostar também

0 comentários

Subscribe