Polaróides d'Alma - Mini Exposição ao Ar Livre

20.4.14


O que mais deseja um artista?
Ter seu trabalho apreciado pelo público. Deixar um quadro preso dentro de um depósito ou uma música só ser ouvida dentro de uma garagem, não permite a troca e a contemplação necessárias para que os artistas possam desenvolver e compartilhar suas criações.
No Parque Gomm podemos mostrar nossos talentos. São oportunidades que acontecem naturalmente em um ambiente de pessoas e vivências culturais variadas. Muitas vezes os artistas são convidados a participar de eventos realizados no parque, compartilhando a sua arte com o público e em outras, são os próprios artistas que propõe levar suas ideias para o movimento cívico Salvemos o Bosque da Casa Gomm. E foi assim que a Mini-Exposição Polaróides d'Alma de Juliano Rocha, editor do blog Bibliotecas do Brasil chegou ao Parque Gomm.

Na entrada do Parque Gomm o convite para a exposição. Foto: Salvemos o Bosque da Casa Gomm

Galeria ao ar livre

Essa foi a primeira exposição ao ar livre do Juliano, e agradecemos muito à Salvemos o Bosque da Casa Gomm por essa inestimável oportunidade dele poder expor seu trabalho diretamente para o público presente. A Salvemos o Bosque da Casa Gomm tem facilitando a coexistência entre artistas e público, de maneira livre, sem que os artistas precisem justificar-se à estruturas burocráticas, ou passar por procedimentos extenuantes, complicados e burocráticos feitos para serem explorados e controlados por aqueles que são pouco dados ao mundo das artes e muito à politicagem.
Não só no gramado mas também nos muros que circundam o Parque Gomm a arte tem campo livre para acontecer. Grafiteiros de Curitiba e bandas locais como a Maxixe Machine e os Gaiteiros de Curitiba já puderam mostrar seus talentos nesse local que se tornou parte de nossa agenda cultural. Que essa iniciativa sirva de porta de entrada para outros artistas que também têm material para expor, que anseiam por um local para mostrar seu talento e suas produções para o público, mas ainda não conseguiram uma galeria ou espaço público para que isso aconteça. Que o gramado do Gomm seja esse campo livre para que mais artistas possam ter voz, e que seja um pontapé inicial em suas carreiras, dando aos artistas, músicos e artistas performáticos uma oportunidade para realizar e mostrar suas obras.

Simultaneamente à exposição no Parque Gomm, várias pessoas praticavam jardinagem libertária na horta cultivada há vários meses, as crianças estavam em busca das guloseimas de Páscoa escondidas pelas árvores, no jardim de flores e até dentro da Minibiblioteca do Sossego! Além dessas atividades, muitas pessoas estavam lendo, descansando protegidas nas sombras das araucárias, conversando, fazendo piquenique, namorando, curtindo pacificamente esse espaço tão heterogêneo em Curitiba.

O Enzo de três aninhos adorou as pinturas e ficou tentando identificar animais nos quadros. Encontrou um coala e uma coruja.

Visitantes por aqui, e lá no fundo o pessoal se reunindo para fazer piquenique e cuidar da horta.

A Elaine foi a primeira a chegar na mini exposição Polaróides d'Alma com seus queridos sobrinhos

Dani Carneiro do blog Bibliotecas do Brasil e Graziela Flor (http://graflor.blogspot.com.br/), grande leitora e incentivadora da Minibiblioteca do Sossego.

Dani Carneiro e Juliano Rocha (Bibliotecas do Brasil) com a Ana Karina que trabalha todos os sábados cultivando a hortinha comunitária. Foto: Ana Karina

Uma das primeiras visitantes da Mini-Exposição Polaróides d'Alma

O Juliano reabasteceu a Minibiblioteca do Sossego do Parque Gomm com doações de livros.

Entre as várias atividades que acontecem todo sábado no Parque Gomm, é possível também emprestar livros de forma livre na Minibiblioteca do Sossego que montamos por lá, ou doar livros para que o acervo continue a circular, alcançando um grande número de pessoas dos mais variados bairros.


Esse rapaz sentado no banco é funcionário do shopping e nos contou que havia alguns ovinhos escondidos dentro da Minibiblioteca do Sossego para que as crianças pudessem encontrar na busca pelas guloseimas de Páscoa escondidas pelo Parque.



A Minibiblioteca do Sossego ficou cheia de livros, várias doações feitas pelas pessoas que comparecem aos eventos organizados pela Salvemos o Bosque da Casa Gomm. Os funcionários do shopping que fica bem ao lado do Parque emprestam muitos livros e fazem leituras em seus horários de intervalo do trabalho, assim como os frequentadores do Parque Gomm e moradores de diversos bairros.

Dani Carneiro e Juliano Rocha. Foto: Salvemos o Bosque da Casa Gomm

Leia mais:
Daniele Carneiro - Bibliotecas do Brasil
contato@bibliotecasdobrasil.com
Fotos: Daniele Carneiro, Juliano Rocha e Salvemos o Bosque da Casa Gomm.

VocÊ pode gostar também

0 comentários

Subscribe