Dia Internacional contra a Homofobia, Lesbofobia, Transfobia e Bifobia nas Bibliotecas do Brasil - Recursos Gratuitos

16.5.21

Através do Blog Bibliotecas do Brasil (@bibliotecasbr) e das publicações da Magnolia Cartonera (@magnoliacartonera), há muitos anos temos escrito e publicado artigos, entrevistas e matérias sobre pessoas que são lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e queers, e que estão presentes realizando seus trabalhos impactantes no universo dos livros, da leitura, das bibliotecas e dos projetos de incentivo à leitura. Você pode conhecer a nossa iniciativa "Bibliotecas Contra o Ódio" que tem como objetivo apoiar e incentivar bibliotecas e espaços de leitura a se transformar em locais seguros para pessoas LGBTQ, além de incentivar a criação de programações e a leitura de literatura LGBTQ. A iniciativa "Bibliotecas Contra o Ódio" faz parte do livro "Bibliotecas Mudam o Mundo" da Magnolia Cartonera (falamos sobre ele no final desse post). A iniciativa Bibliotecas Contra o Ódio está disponível para leitura gratuita aqui no Blog Bibliotecas do Brasil, para quem quiser conhecer alguns projetos, espaços de leitura e bibliotecas que já estão fazendo a diferença para o público LGBTQ +.

Aqui no Blog Bibliotecas do Brasil e através da nossa editora independente Magnolia Cartonera, sempre fizemos tudo com muito respeito e amor. Fazemos questão de enfatizar que todas as nossas redes sociais são espaços seguros e de apoio para as pessoas que quiserem falar sobre iniciativas LGBTQ+. Essa é a nossa forma de contribuir para um mundo mais justo e digno para todas as pessoas que são LGBTQ+ e pessoas aliadas. E para todas as pessoas que por aqui passarem, deixamos a nossa mensagem de muito respeito pela luta e pelo trabalho feito por/e voltado para o público LGBTQ+ que é realizado em bibliotecas, espaços de leitura e na sociedade como um todo.

Confira os recursos gratuitos que disponibilizamos no Blog Bibliotecas do Brasil: 


Esses recursos são para leitura, conhecimento, para inspiração, para usar em sala de aula e para pesquisa. Nós esperamos que você possa se beneficiar deles. Nós acreditamos que a melhor maneira de aprender é ver o que algumas pessoas já estão fazendo na prática, através dos excelentes exemplos. Se você é estudante, envie esse post para suas educadoras e educadores. Se você é educadora/educador, partilhe esses recursos com sua comunidade de estudantes. 

Para quem quiser acessar, ler, se inspirar e anotar ideias, aqui está o link para todo o conteúdo LGBTQ+ do Blog Bibliotecas do Brasil acesse  >> https://bit.ly/2Zb3hkw <<


Diversidade nas Bibliotecas do Brasil

A bibliotecária Dandara Baçã com sua camiseta "Lesbrarian" ou "Bibliolésbica" em português. 
Crédito da foto: Dandara Baçã


Dia 17 de maio, é o Dia Internacional de Combate à Homofobia, também conhecido como Dia Internacional contra a Homofobia, Lesbofobia, Transfobia e Bifobia. Um dia de luta e de celebração mundial da diversidade sexual e de gênero. 

  • O que a sua biblioteca, espaço de leitura, projeto de incentivo, ação de partilha de livros está preparando como iniciativa de conscientização para esse dia  - seja através das redes sociais ou em atividades seguindo os protocolos de segurança da pandemia?
  • Como leitora ou leitor, o que você está lendo ou você está planejando ler relacionado à luta pelos direitos das pessoas LGBTQ? 
  • Como profissional da leitura, que livros ou materiais (online ou através de distanciamento social, seguindo as normas de segurança contra a propagação do coronavirus) você está planejando partilhar com sua comunidade leitora, sobre a diversidade, a conscientização e a luta pelos direitos LGBTQ?
  • Gostaria de partilhar com o Blog Bibliotecas do Brasil? Nós estamos de portas abertas para mostrar a sua iniciativa e inspirar mais pessoas a seguir esses passos, entre em contato conosco por nossas redes sociais: Instagram, Twitter e Facebook. Envie sua lista de leituras, atividades, fotos e ideias que você está colocando em prática.

Biblioteca do IFSul no Campus Camaquã no Rio Grande do Sul enfeitada com as cores da bandeira do orgulho LGBTQ+ (Proud Flag) - Credito da foto: Bibliotecária Elisângela Pires

As bibliotecas, espaços de leitura e projetos de incentivo à leitura podem ajudar na luta pelos direitos das pessoas LGBTQ+ (lésbicas, gays, bissexuais, transgêneras e queers), fazendo programações inclusivas ou inteiramente dedicadas à conscientização. Ao longo de nossas atividades com o Blog Bibliotecas do Brasil, temos abordado vários textos e conteúdos referentes sobre as questões LGBTQ dentro das bibliotecas e projetos de partilha de livros, como a Little Free Library (pequena biblioteca livre) da Equality House

Dedicamos uma relevante e aprofundada parte da publicação independente Magnolia Zine nº3 e do livro Bibliotecas Mudam o Mundo, sobre temas interessantes relacionados às questões LGBTQ, para você refletir e colocar em prática na sua biblioteca, espaço de leitura, projeto de incentivo, iniciativa ou ação — sejam coletivas ou individuais. Comece a programar agora as ações da sua biblioteca, projeto de incentivo à leitura, ações de partilha de livros para o mês de junho, que é o mês do livro LGBT nas bibliotecas.

Adote mudanças, crie significado, faça ações de relevância na sua biblioteca ou espaço de incentivo à leitura. Não deixe que as datas significativas LGBTQ passem sem programação, faça a diferença através do seu espaço ou projeto de leitura. 

Arte: Juliano Rocha


Conteúdos Gratuitos do Blog Bibliotecas do Brasil sobre temas LGBTQ

Aqui estão vários textos e conteúdos para você ler, estudar, pesquisar, usar em suas aulas, em grupos de pesquisa, em seus trabalhos escolares ou acadêmicos. Confira:

1) Junho é o Mês do Livro LGBT nas bibliotecas - Junho é o Mês do Livro LGBT nos Estados Unidos, uma celebração anual da cultura, da história, das contribuições e tradições da comunidade lésbica, gay, bissexual e transgênera.

2) Livro infantil grátis: Nicolás Tem Dois Papais - fofíssimo livro infantil para ser lido gratuitamente online que conta a história de Nicolás, um menino que tem dois pais.

3) Dia Internacional do Combate à Lesbofobia, Homofobia, Bifobia e Transfobia nas Bibliotecas do Brasil - Dia 17 de maio é o Dia Internacional do Combate à Lesbofobia, Homofobia, Bifobia e Transfobia.

Expositor de livros com temática, autoras e autores LGBTQ+ na Casa de Leitura Nair de Macedo feito pelo bibliotecário Eli Prado - Crédito da foto: Eli Prado

4) Como uma minibiblioteca pode combater o ódio e a homofobia - Leia sobre a Equality House a Minibiblioteca Livre (Little Free library) que foi montada em seu gramado para promover a alfabetização e o gosto pela leitura através da troca de livros gratuitos em todo o mundo, através de um sentimento de comunidade e compartilhar talento, criatividade e sabedoria das mais variadas pessoas que optaram por ajudar a construir um projeto tão bacana. 

Little Free Library (Pequena Biblioteca Livre) Minibiblioteca Livre da Equality House - Crédito da foto: The Topeka Capital Journal

5) Biblioteca brasileira enfeitada para celebrar o Mês do Orgulho LGBTQ -  Biblioteca brasileira para estudantes de ensino médio e do ensino superior da cidade de Camaquã no Rio Grande do Sul, decorada com as cores da bandeira do Orgulho LGBTQ, celebra o Mês do Livro LGBTQ com exposição de livros sobre diversidade.

Lésbicas Contra os Nazis e Ku Klux Klan. Anos 70. Nova York | Lesbian Herstory Archives
Foto do Instagram de 99machinders


6) Bibliolésbica - Bibliotecárias lésbicas marcham na Parada do Orgulho LGBT  bibliotecárias lésbicas estiveram presentes na Parada do Orgulho LGBT em Nova York. A camiseta maravilhosa da foto tem a palavra "lesbrarian" e mistura as palavras lesbian + librarian (lésbica + bibliotecária), que pode ser bibliolésbica ou lésbicatecária, você escolhe. 

7) Diversidade LGBTQ nas bibliotecas: Drag Queen contadora de histórias  -  Nós admiramos espaços de leitura e gestões de bibliotecas que são capazes de abrir a mente para as diferenças humanas, comprometidas com o combate aos preconceitos, às discriminações e ao ódio, capazes de promover a paz e a confraternização de públicos. Conheça a  contação de histórias para crianças feitas por uma drag queen, a ativista pelos direitos LGBT, Lil Miss Hot Mess.

8) As bibliotecas precisam lutar de forma ativa pelos direitos LGBTQ's  Número LGBTs mortos em 2016 no Brasil foi recorde. As bibliotecas precisam enfrentar a apatia e se juntar à luta de forma ativa contra todo discurso e ato de ódio. É preciso que as bibliotecas se posicionar sempre à favor da diversidade e que esse posicionamento possa ser visto na prática.

Bibliotecária Thalita Gama segura um cartaz escrito 
"Bibliotecas e Bibliotecárias contra o ódio e o fascismo". Crédito da foto: Thalita Gama


9) A transgeneridade nas bibliotecas e espaços de leitura - Entrevista com Eli Prado, na época em que ele era estagiário em uma biblioteca pública em Curitiba. Eli agora é bibliotecário, e conversou com a gente sobre sua vida e como era o estágio em biblioteca pública para pessoas transgêneras, sobre acolhimento, escrita e transgeneridade.



10) Dia Nacional da Visibilidade Trans nas Bibliotecas do Brasil - Entrevista com Alexia Vitória de Oliveira, bibliotecária e mulher transgênera, ela fala como a biblioteconomia tem um imenso contingente de pessoas lésbicas, gays e bissexuais. entrevista com Eli Prado, homem transgênero, que já foi estagiário de biblioteca e atualmente é bibliotecário, ele fala sobre como as bibliotecas são espaços de resistência.




14) Diversidade no Dia das Mães: atividades e iniciativas concretas de apoio à comunidade LGBTQ (Lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros e queers) no Dia das Mães - Leia na Magnolia Zine nº3


15) Bibliotecas Mudam o Mundo - Livro disponível em edição cartonera (livro artesanal feito com capa de papelão) e em ebook na Amazon. Um dos principais assuntos do livro Bibliotecas Mudam o Mundo, são as ações que bibliotecas e espaços de leitura colocam em prática contra o bullying e contra o ódio. No livro podemos conhecer bibliotecas que se tornaram espaços seguros, com programas anti-bullying destinados a limitar o suicídio entre jovens e adolescentes LGBTQ (lésbicas, gays, bissexuais, trangêneros e queers +). 
Também mostramos no livro Bibliotecas Mudam o Mundo, espaços de leitura que promovem a alfabetização de mulheres que são imigrantes ou refugiadas, enfrentando os desafios de aprender um novo idioma e ao mesmo tempo se colocar no mercado de trabalho. O livro propõe a iniciativa ‘Bibliotecas Contra o Ódio’ uma reflexão sobre o papel das bibliotecas em nossa época, em que os discursos de ódio estão cada vez mais fortes e presentes de forma normalizada no dia a dia. 
O livro mostra exemplos práticos de bibliotecas ao redor do mundo que estão combatendo nesse momento de nossa história, se opondo aos atos de intolerância e discursos de ódio com ações, programações e iniciativas voltadas para educar, conscientizar e combater os preconceitos. É crescente e relevante o número de bibliotecas mundiais que estão mais cientes e comprometidas com suas comunidades leitoras em aprofundar seu papel como espaços de refúgio contra o ódio, de se consolidar como locais seguros para todas as pessoas e que se levantam em defesa da diversidade.




>>> Este post é inteiramente gratuito e este trabalho é feito por Daniele Carneiro e Juliano Rocha da Magnolia Cartonera. Apoie o nosso trabalho para que possamos continuar desenvolvendo conteúdos relevantes, fazendo traduções, ampliando conhecimentos da nossa comunidade leitora e seguindo em frente com a nossa editora independente, a Magnolia Cartonera. Apoie o nosso trabalho independente, compre nossos livros artesanais, zines e ebooks. <<<

Texto/post/fotos: Daniele Carneiro
Artes: Juliano Rocha
Acompanhe nossas novidades no Instagram: @magnoliacartonera | @bibliotecasbr
Contato: contato@bibliotecasdobrasil.com

VocÊ pode gostar também

0 comentários

Subscribe