As bibliotecas precisam lutar de forma ativa pelos direitos LGBTQ's

6.1.17


Nós lançamos há pouco mais de um mês o livro "Bibliotecas Mudam o Mundo" que tem um capítulo inteiro dedicado a refletir sobre a importância de programações voltadas para pessoas LGBTQ nas bibliotecas e espaços de leitura, conheça o livro
No livro apresentamos vários exemplos práticos de bibliotecas mundiais que já estão fazendo programações, algumas inclusive voltadas para crianças, para promover a diversidade dentro de seus espaços, além de funcionarem como locais seguros para lésbicas, gays, bissexuais, pessoas transgêneras e queers. 
As bibliotecas são instrumentos importantíssimos na luta contra os preconceitos, contra a lesbofobia, a homofobia, e todo e quaisquer sentimentos de intolerância e atos de ódio. 
As bibliotecas precisam enfrentar a apatia e se juntar à luta de forma ativa contra todo discurso e ato de ódio. É preciso que as bibliotecas se posicionar sempre à favor da diversidade e que esse posicionamento possa ser visto na prática. 


Informações sobre o conteúdo do livro 'Bibliotecas Mudam o Mundo'


Esse capítulo tem 3 textos sobre a necessidade cada vez mais latente de programações voltadas para o público LGBTQ nas bibliotecas. Trazemos exemplos de como algumas bibliotecas estão se transformando para incluir programações voltadas ao público LGBTQ, e como elas podem ser locais seguros, de aceitação, tolerância e combate ao ódio para jovens e adolescentes gays, lésbicas, bissexuais, transgêneros e queers. 




Na primeira edição da Magnolia Zine, a nova publicação cultural da Magnolia Cartonera, nós partilhamos dicas de atividades sobre Diversidade para serem realizadas dentro das bibliotecas, espaços de leitura e salas de aula. São várias dicas com detalhes e inspiração para quem quiser dedicar atividades, programações e montar murais dedicados à Diversidade. 





Artes: Juliano Rocha
Fotos: Daniele Carneiro e Juliano Rocha
Siga-nos no Instagram: @bibliotecasbr
Inscreva-se gratuitamente em nossa newsletter
Assista nossos vídeos no YouTube

VocÊ pode gostar também

0 comentários

Subscribe