Ronda da Fraternidade comemora 2 anos de atuação em Gravataí e Cachoeirinha no RS

20.7.15


A Ronda da Fraternidade está comemorando nesse inverno seus 2 anos de atuação junto à população em situação de rua em Gravataí e Cachoeirinha no Rio Grande do Sul.

Evelyn recebe a visita da Ronda da Fraternidade
Desde 2013 as pessoas em situação de rua de Gravataí e Cachoeirinha têm recebido as visitas de um grupo de amigos independentes. Eles levam carinho e um pouco de conforto nas noites mais gélidas e nas outras estações do ano também. A Ronda da Fraternidade conseguiu ao longo desses dois anos servir 1700 refeições quentes contando com jantares e cafés da manhã - que têm sanduíches, sucos, frutas e bolachas, e quando as doações que recebem são generosas também são incluídos doces.

Leticia Tafra da Fontoura que é advogada, idealizadora do grupo e colaboradora do blog Bibliotecas do Brasil nos contou que cerca de 200 cobertores, 200 livros de literatura, remédios e centenas de agasalhos já foram distribuídos gratuitamente pela Ronda da Fraternidade. 'Faz parte do trabalho da Ronda o encaminhamento dos moradores de rua para consultas no hospital, tratamentos dentários, encaminhamento a centros de reabilitação,  damos incentivo ao trabalho, e já realizamos uma noite de Natal juntos com muito amor, carinho, respeito, inclusão e dignidade'. 

Leticia lembra como tudo começou: 'Eu e a Mérian trabalhávamos juntas na Biblioteca Comunitária do Rincão e um dia ao telefone, falamos sobre ajudar os moradores de rua também pois estava muito frio em Gravataí. Daí eu organizei tudo e convidamos o Thiago que trabalhava com a Mérian. Assim deram início às atividades da Ronda da Fraternidade . 

Atualmente também fazem parte da Ronda: Caroline Barros e Thiago Afonso Garcia Romano, Mérian Kielbovicz, Felipe Borges, Fran Kehl e Luan Kehl.

Quando a Ronda da Fraternidade está agendada para sair, a cozinha da Dona Magda, mãe da Leticia, fica assim repleta de refeições caseiras feitas com toda a dedicação e amor para serem entregues. Leticia e Dona Magda preparam arroz carreteiro, farofa de legumes com ovos e feijão bem temperado. Para acompanhar as refeições quentes, Leticia também leva suco. 'E ainda tem os sanduíches e frutas que a Carol e a Mérian fazem. Felicidade pra mim é estar pilotando o fogão e cozinhando um jantar de primeira qualidade para 20 amigos em situação de rua, e a Ronda da Fraternidade na atividade'!


Esses são os pratos que foram entregues na edição recente da Ronda da Fraternidade. O prato com maionese foi entregue na noite de Natal de 2014, quando a Ronda se juntou novamente aos seus irmãos fraternos para um momento especial.

'Quando tem Ronda eu fico desde de manhã correndo nos mercados pra comprar os alimentos, as marmitas, os garfos, e recolhendo garrafinhas pet. Daí já começo depois do almoço a preparar o jantar. Coloco o feijão de molho e começo a picar legumes, cozinhar ovos. Fico umas 5 horas direto de pé na cozinha mexendo nos panelões. Faço os dez litros de suco e divido em 20 garrafinhas pet. Depois é montar as marmitas e tem que ser rápido pra não esfriar. Isto eu faço já na hora de sair, e carregar tudo pro carro, um peso só. As marmitas, os kits de café da manhã com os sanduíches, as frutas todas limpas, as bolachas e doces. Mais as roupas e livros livres. Tudo com a ajuda da minha mãe, Dona Magda que corre o dia todo comigo'.


A Ronda da Fraternidade atende 20 pessoas de cada vez nas ruas de Gravataí e de Cachoeirinha, cidades da região metropolitana de Porto Alegre. Uma refeição completa e mais algumas sobremesas quando as doações permitem à Leticia criar e cozinhar. Confira nesse álbum de fotos como foi a noite de Natal 2014.


'Esse é o nosso amigo o Seu Glênio (Seu Polaco). Ele adora escrever suas reflexões em cadernos. A Ronda da Fraternidade doou cadernos e canetas para escrever suas reflexões, mas infelizmente a guarda municipal de Cachoeirinha passou e recolheu tudo o que ele tinha, inclusive seus cobertores. Assim eles agem naquele município. Nós doamos e eles recolhem tudo. E ele nos disse que já tinha escrito 7 páginas. Ficamos com muita dor no coração'. 

Alex é catador de material reciclável e mora em uma casinha no bairro Olaria em Cachoeirinha. Cata material a noite toda. Tem uma filhinha em casa precisando de leite especial. Compramos na farmácia e ele levou bem feliz. Leite para 22 dias.
Todas as ações da Ronda da Fraternidade são voltadas para fazer o resgate e a valorização da vida das pessoas que estão em situação de vulnerabilidade sem nenhuma assistência. 'Aqui em Gravataí a prefeitura é ausente em questões de políticas públicas. Os moradores de rua também são completamente esquecidos e não há nenhum tipo de ajuda para a inclusão destes amigos'.

E Leticia enfatiza: 'A população em situação de rua de Gravataí e Cachoeirinha não está sozinha. Nós os conhecemos e os reconhecemos como amigos muito queridos. Sabemos suas atividades, seus pontos de repouso, seus gostos, suas histórias e principalmente seus nomes. Estamos de olho e acompanhando tudo o que acontece com eles, sejam atitudes construtivas como também o desrespeito aos direitos humanos. Não iremos permitir abusos por parte de quem quer que seja'.

'Nós, da Ronda da Fraternidade amamos estes irmãos que estão nas ruas. É por eles que trabalhamos e doamos nosso respeito e nossa atenção. Amigos que estão nas ruas, nós vemos vocês, nós os conhecemos e vocês estão sempre em nossos pensamentos'.

Mérian Kielbovicz, Alex, Felipe Borges e Leticia

Para a próxima Ronda da Fraternidade: 'Estamos precisando muito de cobertores e agasalhos quentes, masculinos e femininos, meias e gorros. E doações de todo o tipo de alimentos que possam ser entregues nas noites frias. Sempre levamos jantar, sanduíches, frutas, doces, sucos. Se um dia quiseres doar um bolo, seria uma alegria, pois, eles nunca comem estas coisas e adoram um docinho!!! Eu peço pelos meus amigos em situação de rua'.


Uma das noites mais gélidas do ano e o inverno mal começou, a Ronda da Fraternidade vai precisar de toda a ajuda possível de quem puder colaborar. 'A mais recente edição da Ronda da Fraternidade foi muito triste para nós vermos tantos amigos sem cobertores, congelando no frio, sem agasalhos, alguns de bermudas e sem meias. Infelizmente não tivemos como ajudar por falta de doação de cobertores. Por isso a doação é tão importante em nosso trabalho. E mesmo assim estes queridos tinham um belo sorriso no rosto e nos fizeram rir e sentir seu carinho em nossos corações'. 


'Nesses 2 anos de Ronda da Fraternidade só temos a comemorar. E ainda estamos cheios de planos e objetivos a serem alcançados'.

A Ronda da Fraternidade é composta pelos amigos: Caroline Barros e Thiago Afonso Garcia Romano (na foto) Mérian Kielbovicz, Felipe Borges, Fran Kehl, Luan Kehl e a Leticia.


Doações - Saiba como colaborar com a próxima Ronda da Fraternidade:


  • Agasalhos, cobertores, meias, luvas e gorros
A Ronda da Fraternidade está precisando de doações de cobertores e agasalhos quentes, masculinos e femininos, meias, luvas e gorros. As roupas precisam estar limpas e em condições de serem entregues aos moradores de rua imediatamente. Não podem estar rasgadas, sujas, faltando botões ou zíperes e não podem ser roupas de festa. Precisam ser agasalhos para enfrentar madrugadas de temperatura extremas. Na última Ronda o grupo encontrou homens apenas de bermuda e chinelo, então as meias e calças são de extrema importância nesses casos.

  • Alimentos
Doações de todo o tipo de alimentos que possam ser entregues nas noites frias. A Ronda sempre leva jantar, então podem ser doados sacos de arroz, de feijão e farinha. Enlatados como ervilha e  milho e molhos de tomate. Doces de todos os tipos - pois os moradores de rua nunca comem doces e adoram um docinho. Pacotes de bolacha e de café para o café da manhã. Todos os alimentos doados precisam estar fechados e dentro do prazo de validade para consumo.

Contatos da Ronda da Fraternidade:



Texto: Daniele Carneiro - Bibliotecas do Brasil
Creative CommonsPode copiar desde que cite a fonte e não utilize para fins comerciais.
contato@bibliotecasdobrasil.com
Arte: Juliano Rocha
Fotos: Ronda da Fraternidade

VocÊ pode gostar também

0 comentários

Subscribe