Biblioteca com programação voltada à pessoas em situação de rua e em vulnerabilidade social

27.9.16

Clube de leitura para pessoas em situação de rua e vulnerabilidade social da Biblioteca Parque Estadual. Foto: Fabio Guimarães / Jornal Extra
Todas as vezes que nos deparamos com uma notícia em que ficamos sabendo que uma biblioteca está dedicando um programa de sua agenda mensal para pessoas em vulnerabilidade social ou em situação de rua, nós celebramos e torcemos para que mais bibliotecas do Brasil abram a mente para essas questões, principalmente para o acolhimento e para o combate aos preconceitos. A Biblioteca Parque Estadual, no Centro do Rio de Janeiro montou um clube de leitura para pessoas em situação de rua.

Experiências negativas de exclusão em bibliotecas que já presenciamos
Nós aqui do blog Bibliotecas do Brasil já tivemos a infelicidade e tristeza de conhecer uma biblioteca pública em São Paulo que barrava pessoas em situação de rua de utilizarem seu banheiro (com um aviso desagradável nas portas dos banheiros). Em Curitiba presenciamos uma funcionária de uma biblioteca pública de bairro negar a utilização do banheiro a uma mãe com a sua bebê em um carrinho, em um dia de verão com altas temperaturas.
Quando tivemos a oportunidade de montar bibliotecas livres em cooperativas de material reciclável,conhecemos uma catadora que nos contou que foi perseguida por seguranças em uma biblioteca pública por causa do preconceito contra suas roupas de trabalho.
Menino de 11 anos atendido pela Ronda da Fraternidade em Gravataí. Foto: Leticia Fontoura / Arte: Juliano Rocha
O preconceito e o tratamento discriminatório no atendimento em bibliotecas, a relutância em aceitar as mais diversas condições humanas, e as restrições à determinados públicos impede o acesso de muitas pessoas aos livros, e impede o desenvolvimento do conhecimento.
É urgente que essas situações sejam repensadas, e que as bibliotecas abram de vez suas portas para todo mundo.

Novas práticas de acolhimento e inclusão em bibliotecas
Por outro lado, nos últimos tempos temos acompanhados iniciativas maravilhosas, conscientizadas e preocupadas com as pessoas e suas adversidades. Relembre as iniciativas que já mostramos no blog Bibliotecas do Brasil que voltam seus serviços e engajamento a quem está em situação de vulnerabilidadeSão bibliotecas, ações, projetos e grupos que resistem e se erguem com programações e ações voltadas à diversidade de público, engajadas em seu papel como espaços democráticos capazes de atender e prestar serviços abrangentes à todas as pessoas da comunidade leitora, além de abranger aquelas que não são frequentadoras do espaço.
Paulo César de Paula, de 41 anos, um dos integrantes do clube de leitura voltado para pessoas em vulnerabilidade social e situação de rua, falou em reportagem ao Jornal Extra sobre a Biblioteca Parque Estadual: 'Aqui, eles tratam a gente igual a lorde'.  Leia a matéria completa no Extra.

Aqui no blog Bibliotecas do Brasil nos emocionamos e torcemos para que mais bibliotecas captem a mensagem e coloquem em prática programações e ações que promovam locais seguros e de acolhimento para quem mais precisa do apoio das bibliotecas.

VocÊ pode gostar também

0 comentários

Subscribe