Manhã em homenagem ao poeta Paulo Leminski

28.8.14


No bairro Hugo Lange em Curitiba, as manhãs de domingo tem um novo sabor com as atividades espontâneas e voluntárias realizadas na Minibiblioteca Ilha de Camões. Essas são as fotos do encontro que em homenagem a data de nascimento do poeta curitibano Paulo Leminski, falecido em 1989, que se estivesse vivo completaria hoje 70 anos. Sua memória e sua obra foram comemoradas com um café da manhã com muitas delícias, leitura de seus haicais pelos participantes e um varal de poesias foi estendido no Jardinete Poeta Leonardo Henke onde foi montada a Minibiblioteca Ilha de Camões.


O Jorge atualmente encontra-se em situação de rua. Ele mora no Jardinete Poeta Leonardo Henke há mais de um ano e tem recebido ajuda de moradores, comerciantes e frequentadores da Minibiblioteca Ilha de Camões, como roupas e refeições. Toda colaboração é muito importante e essencial para ele.

Rossana e Vitória, frequentadoras assíduas da Minibiblioteca Ilha de Camões, e grandes doadoras de livros e gibis. Olha essa coleção enorme que elas doaram para a Rita dividir entre a Ilha de Camões e a Minibiblioteca do Sossego.

O Nando Matos fez uma doação especial para a Minibiblioteca Ilha de Camões, o livro "A Cor do Preconceito".

O Yuri também doou livros. É incrível ver como as crianças se apaixonam pelas minibibliotecas, e ajudam a arrecadar e doar seus livros e a cuidar delas, além de, é claro, emprestar livros livremente.


Nós colocamos para circular dois livros que emprestamos na Minibiblioteca do Sossego, um deles é o Toda Poesia de Paulo Leminski, em homenagem aos 70 anos do nascimento do poeta, e o outro livro é o Guerra Dentro da Gente, que nesse momento já estava sendo lido no Jardinete.

A Claudia, que é frequentadora do Parque Gomm e da Minibiblioteca do Sossego, também apareceu para fazer doações e conversar na praça


 O Dráuzio sempre toca uma musiquinha para alegrar os leitores da Minibiblioteca Ilha de Camões, e o pessoal que se reúne no Jardinete Poeta Leonardo Henke para se exercetiar, relaxar e conversar.


No Jardinete Poeta Leonardo Henke tem uma academia ao ar livre onde as pessoas podem praticar exercícios físicos.


Café da manhã especial e delicioso preparado colaborativamente. Todo mundo colabora com alguma coisa, e no final fica esse cafézão.

O lindo varal de poesias em homenagem ao poeta Paulo Leminski


As pessoas que estavam caminhando, correndo, passeando com seus cachorros ou andando de bicicleta pela ciclovia entre a linha do trem e o Jardinete eram surpreendidas pelo varal de poesia estendido em homenagem ao poeta Paulo Leminski.


Esses livros foram doados na Minibiblioteca do Sossego, lidos, e agora seguem adiante na Minibiblioteca Ilha de Camões. Homenagem a data de nascimento do poeta curitibano Paulo Leminski, falecido em 1989, que se estivesse vivo completaria hoje 70 anos.

Confecção de plaquinhas e artesanato

Uma atividade que tem virado costume na Minibiblioteca Ilha de Camões é a confecção de plaquinhas indicativas da biblioteca. Quem vai até a praça pode levar um pedaço de madeira, ou pegar alguns dos disponíveis nos descartes de material de construção dos vizinhos, e começar a pintar uma plaquinha. O clima da praça é relaxante, tem um ar gostoso, há muitas pessoas passeando e confraternizando, e qualquer pessoa que goste de pintar, desenhar, costurar, escrever e cantar, encontra ali um loca propício para tais atividades.



A Vitória e o Nando fazendo plaquinhas na manhã ensolarada desse domingo.


Daniele Carneiro - Bibliotecas do Brasil

VocÊ pode gostar também

0 comentários

Subscribe